Zonas Erógenas

    Zona erógena é qualquer parte do corpo que pode desencadear excitação sexual. Isso cabe também àquelas áreas extragenitais que respondem a estímulos térmicos ou tácteis.

     Todo o nosso corpo da cabeça aos pés é um banquete virtual de sensualidade, erotismo e prazeres orgásticos. Mas a maioria das pessoas desconhece o seu próprio potencial erótico e despreza algumas zonas de seu corpo que podem proporcionar prazer se forem tocadas de maneira correta e sempre com muito carinho.

     Alguns acham que os órgãos genitais são os únicos que podem gerar prazer, principalmente os homens, que por desconhecimento ou por comodismo se detém apenas aos genitais, desprezando outras formas de prazer.

     Não basta serem pontos nervosos; as zonas erógenas são áreas muito particulares de cada pessoa. O que para um pode ser uma zona de excitação, para outro pode não ser estímulo algum.

     Conheça agora algumas formas de dar e desfrutar um prazer intenso, você irá se surpreender com o resultado. Entregue-se à sua própria natureza criativa. Use essas técnicas e idéias como um ponto de partida e então se sinta à vontade para inventar seus próprios petiscos amorosos.

     - Lamba todos os dedos dos pés dele, outro dia peça para ele fazer o mesmo com você.
     - Segure a mão e chupe os dedos como se estivesse fazendo sexo oral.
     - Enfie um dedo na boca do parceiro enquanto se beijam.
     - Brinque com a língua na orelha é uma zona super sensível.
     - Peça para ele mordiscar seu peito. Brincar com os dentes bem devagar. Faça o mesmo com os mamilos dele.
     - Brinque com a região anal. Vale tudo: língua, dedos...
     - Puxe um pouquinho o cabelo é muito excitante.
     - Morda levemente todo o corpo ou deslize a língua suavemente.
     - Use as unhas de levinho arranhando as costas e o bumbum.
     - Peça para não fazer a barba por um ou dois dias e deixe-o arranhar seu corpo com o rosto.
     - Com a ponta dos dedos faça movimentos circulares ao redor do umbigo e vá descendo em direção à virilha.
     - Coluna, esta é uma área extremamente sensível, principalmente nos homens, carinhos nesta região podem provocar reações quentes e inesperadas.
     - Períneo, a pequena área entre o ânus e o escroto é um dos pontos mais sensíveis, secretos e sensuais num homem, o simples fato de pressionar o dedo nessa região provoca uma enorme onda de prazer.
     - Parte interna das coxas, aquela área macia que vai da região de cima do joelho até a virilha, é uma fonte de sensaç1oes sensuais, explore delicadamente com a língua, lábios, morda devagar. O ponto onde a coxa se encontra com a pelve é a mais sensível, dedique-se a esta região e provocará muito prazer ao seu parceiro.

     ALGUMAS ZONAS ERÓGENAS

     "Ponto G"
     Ainda esta em estudos tanto a existência quanto à função do ponto "G", em inglês, G-spot ou Grafenberg spot.
     É mais ou menos equivalente à próstata masculina, consistindo em uma região, não necessariamente um ponto, onde alojam-se as glândulas de Skene, que cercam a uretra.
     Não é visível aos olhos e um tanto duvidoso ao tato, situa-se logo abaixo do osso púbico, profundamente na parede anterior da vagina, entre sua abertura e o colo do útero.
     Na prática, é alcançado e passível de estimulação, ao se introduzir toda a extensão do dedo indicador na vagina, ou com o pênis em algumas posições sexuais favoráveis.
     Cerca de 70% das mulheres em quem a estimulação do ponto "G" foi tentada, relatou-o como uma área bastante sensível e, se devidamente estimulada, levaram-nas a experimentar um orgasmo bastante intenso.
     O outro grupo 30% das mulheres, nada sentiram, inclusive, relataram que a estimulação despertou vontade de urinar (talvez pela proximidade com a uretra).
     Ao ponto "G", é atribuído à capacidade de induzir a uma " ejaculação feminina ", fenômeno ainda não muito bem esclarecido e nem comprovado cientificamente.
     O certo é que, se for de interesse do casal, vale a pena explorar mais esta forma de prazer.
     No homem o equivalente ao ponto G feminino é a próstata e pode ser estimulada da mesma forma.

     "Clitóris"
     O clitóris é o principal ponto de estímulo para a mulher e o que gera sempre o orgasmo.
     Embora algumas pessoas afirmem não existe diferença entre orgasmo clitoridiano e vaginal.
     Existe muita variação individual, biológica, entre as mulheres. Mesmo quando ocorre a penetração, o clitóris é estimulado pela fricção do pênis e o repuxamento da mucosa que envolve o clitóris.
     Creio que para as mulheres o importante é obter o orgasmo e a questão se ele é clitoridiano ou vaginal fica secundária.
     O equivalente ao clitóris no homem é a cabeça do pênis.

     "Pescoço"
     Por ligar a cabeça ao resto do corpo, o pescoço contém diversas terminações nervosas. Carícias em toda essa região podem ser altamente excitantes. A nuca, inclusive, é uma das partes mais estimuláveis, pois é um ponto de relaxamento do corpo e quando acariciada da maneira correta pode provocar ótimas sensações.

     "Cabeça/Cabelos"
     Você já deve ter notado que muitas mulheres brincam com seus cabelos? Não é apenas um tique nervoso, nem para o cérebro pegar no tranco; nós fazemos isso por que é gostoso. Há grandes chances de que a mulher deseje que você brinque com eles. O couro cabeludo pode ser muito sensível à estimulação, e uma vez que ela não espera que você dispense qualquer atenção com ele, surpreenda-a. "Escovar seus cabelos pode ser uma experiência bastante sensual", diz Zilbergeld. Ou deixe seus dedos escorrerem por entre os fios enquanto você a beija, ou simplesmente faça um cafuné na sua cabeça."

     "Lóbulos da orelha"
     Toda a orelha pode ser considerada uma zona erógena. Mas à parte de trás, em especial, pois passa um ligamento chamado de "linha quente". Como todas as regiões extragenitais, a orelha é mais sensível na mulher que no homem.
     No começo de relacionamento, essa é uma região muito explorada por ser bem acessível. Algumas vezes, depois que a intimidade maior surge, a orelha é um pouco esquecida.

     "Axilas"
     Em outras culturas, as axilas são zonas erógenas, principalmente, quando não estão raspadas.

     "Parte interna do braço"
     Carícias leves na região interna do braço é muito agradável e pode ser considerada uma demonstração de carinho e ternura ao iniciar uma relação sexual.

     "Nádegas"
     O estímulo nas nádegas e também no espaço entre elas pode ter intensidade variável, mas certamente existirá excitação. Talvez por isso o bumbum é atrativo tanto para homens quanto para mulheres.

     "Coxa"
     A coxa já é uma região sensível. A parte interna então, devido à proximidade com os genitais, quando acariciada levemente, mistura fantasia e desejo de que essa sensação não acabe.
     Deve ser uma região bastante explorada antes de chegar aos genitais.

     "Umbigo"
     O umbigo permite uma série de sensações sexuais. Pode receber o dedo, a língua, o dedão e dar grande prazer.

     "Seios"
     Acariciar as mamas levemente ou de maneira mais enérgica, até mesmo a sucção, pode dar prazer tanto à mulher quanto ao homem. Muitas pessoas podem chegar ao orgasmo sendo estimuladas nesse órgão. Para a mulher, o volume dos seios não interfere na sensibilidade aos estímulos sexuais.

     "Pés"
     Para muitos, os pés são muito excitantes sexualmente. As cócegas nas plantas dos pés podem ser extremamente prazerosas para alguns e suplícios para outros.

     "Pontos Leves"
     Aqui está onde você realmente pode ser criativo. Tente oferecendo beijos atrás dos seus joelhos, na parte interna dos braços, das coxas ou na nuca. As mulheres adoram ter essas áreas gentilmente acariciadas, lambidas ou assopradas. Cuidado: essas áreas também são feitas de pele bem macia, portanto não caminhe através das sombras. "Estimular gentilmente essas regiões será muito mais prazeroso do que brutalmente ou de qualquer maneira", diz Lonnie Barbach, Ph. D., psicólogo e terapeuta sexual em São Francisco e editor do livro "Seductions". "Capturar o predador é metade do jogo ganho". Muitas pessoas não percebem que usar cinta-liga pode ser erótico. É o maior show. E se você prestar atenção a esses pontos, a paz está prevalecida e você a levará às alturas."

     "Períneo"
     O períneo, área entre a vagina e o ânus, ou entre o escroto e o ânus, é muito sensível para a maioria das mulheres e homens e normalmente não é explorado", diz Seiler. "Ele é feito de uma pele similar a dos lábios vaginais e, portanto possui um monte de terminações nervosas". Também é um elemento excitante, diz De Villers. "Não é uma parte do corpo que está normalmente exposta, portanto ela se sentirá como se estivesse lhe dando privilégios especiais, que podem ser excitantes". Porque é sensível, penetre primeiramente com um toque suave e enquanto ela está se excitando, retire, diz De Villers. Para uma tentativa mais agradável, experimente usar um pequeno lubrificante artificial ou óleo de massagem."

 

| Outros

« Voltar

Acompanhantes São Paulo



AVISO

Para entrar em contato com qualquer uma das acompanhantes, ligue diretamente para o seu telefone particular, disponível nas páginas internas de anúncios. Informamos que o 041VIP não é uma agência, mas sim, um veículo de divulgação e propaganda.

O site www.041vip.com.br/novo não tem nenhum vínculo com as anunciantes, não sendo responsável ou interessado nas contratações, tampouco pelos serviços prestados a qualquer título ou tempo.



Menu de acesso

  • Acompanhantes Vip
  • Acompanhantes Curitiba
  • Acompanhantes Brasil
© Copyright 041VIP. Todos direitos reservados.




Otimização de Sites em Curitiba

Site validado:
W3C | CSS